sexta-feira, 14 de outubro de 2011

A TPM da Rainha


No amplo salão do palácio a balburdia era total. Bobos e pajens reais corriam desatinados para todos os lados. O barulho de objetos colidindo com as paredes só era encoberto pelo som agudo, estridente e assustador dos berros escandalosos de sua alteza. Uma Poliana desfigurada encontrava-se no centro do tumulto. Ao seu redor alguns de seus fiéis companheiros tentavam acalmar a ensandecida rainha.
- Calma Poliana, respira fundo. Quem sabe um suquinho de maracujá?
- Eu não quero suco, eu quero sangue! – grita Poliana atirando o copo em seus bobos.
- Por favor alteza, tente não gritar tanto para não acordar Oposição. Nós já lhe preparamos um banhinho morno e relaxante, com os seus sais aromáticos preferidos. – acrescenta ansioso o atarracado membro do CUT (Companheiros Unidos no Trambique).
- Que se afoguem todos vocês, seus molóides, naquela banheira! Eu estou cheia de vocês! Cheia! - continua a irascível rainha quebrando mais um vaso do castelo. – A culpa é de vocês! Vocês me fizeram passar por todos aqueles exames e constrangimentos!
- Mas Poliana, fizemos isso pelo seu bem. Só pensamos em sua saúde, alteza. – com muito tato, o assessor para momentos de crise de destempero real, Líquen - o amorfo - aproxima-se da rainha. Que tal essa deliciosa caixa de bombons minha rainha?
De canto de olho Poliana fita a enfeitada caixa, enquanto todos no recinto suspendem a respiração esperando mais um ataque de histeria real.
- Bombons? São de amarula? – pergunta tentando se mostrar indiferente.
- Claro minha alteza. Os seus preferidos. – responde Líquen persuasivo.
- Então acho que vou aceitar. – diz a rainha gulosa, já arrancando a caixa das mãos de seu fiel assessor. Sentando-se em seu trono passa a devorar freneticamente as guloseimas.
Suspiros de alívio ressoam no salão. Por vários minutos ninguém ousava se mover. O único barulho ouvido era o som metálico do desembrulhar dos bombons. Quase uma hora depois, uma calma e satisfeita Poliana cochilava nas almofadas.
- O que foi que desencadeou mais essa crise? - pergunta um dos bobos
- Ela ficou estressada com a consulta ao ginecologista. – responde Líquen.
- Não devíamos ter insistido para que ela consultasse. – continua o ressabiado bobo.
- Era preciso. As coisas estão ficando insustentáveis. Os pitis dela agora já são de domínio público. Precisamos evitar que a rainha e nosso democrático reinado acabem virando chacota.
- O reinado todo é uma piada, só vocês que não enxergam. – rosna Basco, o raivoso, chamando a atenção para sua presença.
- O que você faz aqui, Basco? Você não faz mais parte de nossa corte!
- Eu ainda tinha o cartão estrelado que dá livre acesso a área restrita do castelo. Por isso, pude novamente presenciar mais um grandioso espetáculo de fricotes de sua alteza. – responde Basco com escárnio. – Mas agora que já me diverti, vou andando. Aconselho vocês a fazerem uma boa reserva de bombons para o próximo ano. Talvez devessem deixar um pouco de lado o ramo das gráficas e impressões e investir de vez no mercado dos chocolates. – tripudia uma última vez, antes de deixar o recinto.
- Sujeitinho insuportável! Não sei como pudemos tolerá-lo por tanto tempo em nosso clã. – irrita-se o representante do SindiPelego.
- Deixa o Basco pra lá. Ele, assim como nossos ideais, faz parte do passado. Precisamos discutir a saúde da rainha. - reflete Líquen.
- O caso dela é grave? O que disse o ginecologista?
- Ela tem uma doença rara, nunca antes vista pela medicina. – continua Líquen, preocupado.
- Ela vai morrer? – pergunta um companheiro já a beira das lágrimas. – O que vai ser de nós se ela se for? Vamos viver do que? Eu não sei fazer nada! Pelo amor de Che Guevara! Isso não pode acontecer!
- Era só o que faltava, depois de tudo que tivemos de suportar! – completa um dos bobos, representante da Irmandade do Fogo. – Investimos muito nessa relação. Fala logo Líquen, deixa a enrolação para as emendas parlamentares.
- Não, ela não vai morrer. Mas, se o diagnóstico se confirmar, ela vai é nos matar. Vai afundar de vez nossa imagem na lama. Vai acabar com a paciência de nossos aliados. Vai ser a fonte de piadas preferida da maquiavélica Imprensa Livre. Vai conseguir a façanha de manter acordada e alerta a sempre apalermada Oposição!
- Mas afinal o que ela tem de tão grave?
Com o semblante constrangido e apreensivo, Líquen responde à seleta platéia:
- Nossa rainha sofre de TPM. Transtorno Por Megalomania.
- E isso tem tratamento?
- Apenas medidas paliativas. Todos os seus desejos, por mais insignificantes, devem ser prontamente atendidos. Ela não tolera frustrações. Pelo que entendi é uma patologia que se origina do excesso de poder e da falta de limites. Alguma coisa a ver com muito ego e pouco cérebro, se consegui entender direito.
- A mim, parece ter sido falta de laço! Nada que umas chineladas, na época certa, não tivessem prevenido. Coisa de menina mimada! – Indigna-se o membro da Irmandade do Fogo.
- Se o tratamento é esse, não vejo qual o problema. Pois não é o que temos feito nesses anos? Bajular a rainha, massagear seu ego, satisfazer seus caprichos... Nenhuma novidade.
- Acontece que a doença é progressiva. Ela vai ficar cada vez pior.
- Mais histérica, arrogante e insuportável? Duvido! É humanamente impossível, até mesmo pra ela!
- Para evitar a piora teremos de nos organizar companheirada. Precisamos reforçar a blindagem da redoma de vidro fumê, não permitir o acesso da rainha aos meios de comunicação externa, pintar o castelo de cor de rosa e, seguindo o conselho de Basco, o raivoso, comprar muito, muito chocolate!
- Nossa, que mão de obra! Isso vai dar um trabalho danado, não sei se conseguiremos dar conta!
- Essa é a parte boa. Teremos de contratar mais dúzias de bobos e pajens para paparicar a rainha!
- Oba! Vamos poder distribuir mais carguinhos! Poliana vai adorar essa notícia!
Enquanto isso, uma Poliana entorpecida de amarula, dormia e sonhava com um reino encantado onde não havia Imprensa Livre e Oposição e onde todos os seus subordinados eram débeis mentais, sem opinião própria ou vergonha na cara. Onde todos só falavam o que Poliana queria ouvir, e ninguém questionava a saúde mental da rainha. Um reino perfeito e fantasioso, como em Horário Eleitoral, onde todos diziam SIM as futilidades de sua alteza.

34 comentários:

  1. Seria mais interessante se a escritora escrevesse contos eróticos, teria muuuuuuuiiiiitoooo mais acessos, mis ibope e sucesso.... byyy

    ResponderExcluir
  2. Para que gastar tempo com essas história sem nexo. Escreva coisas boas, o povo gosta de ler coisas do bem não co mal.

    ResponderExcluir
  3. Boa idéia!
    Vou escrever as Aventuras de Poliana no Motel!
    Obrigada pela dica companheiro!

    ResponderExcluir
  4. Só cuidado que vc pode ser processada. Diga somente aquilo que é verdade. Eles irão esfregar na sua cara de quem é o Motel.

    ResponderExcluir
  5. Náo sabia que a senhora era petista. Só os petista se chamam de companheiro.

    ResponderExcluir
  6. Ah tenho outra dica.já que a senhora é uma ótima comentarista política. Escreva sobre a cassação do Tirello, dará mais ibope ainda. Estou ansiosa. E outra dica, sou companheira e não companheiro.

    ResponderExcluir
  7. No horário eleitoral, como a senhora se refere, no ano que vem, verás as fotos das escolas que seu marido construiu, vamos assim dizer... é construiu e mais algumas cositas...

    ResponderExcluir
  8. Não há dúvidas de que o atual prefeito é um candidato fortíssimo a reeleição em 2012. Se não fosse assim não estariam pegando pesado com ele.

    ResponderExcluir
  9. Oi li agora algo que insinua algo sobre motel e prefeito, acho que é isso que entendi. Mas o que que tá virando essa cidade, pois soube que o ex prefeito Zanela está construindo um Mc Donalds ali na avenida 7 de sentembro, lá onde tem os outdoors.

    ResponderExcluir
  10. Nenhum desses contos desmerece tudo que esse prefeito fez por nossa cidade. Obras físicas e humanas que marcarão para sempre nossas vidas, dos nossos filhos e dos nossos netos.Todos os meus filhos sairam para estudar fora e hoje meu neto mais velho faz arquitetura na federal de Erechim. Quem sonhou que nós um dia poderíamos dizer a federal de Erechim.

    ResponderExcluir
  11. Lendo alguns desses contos medíocres, encontrei comentários (da autora e dos visitantes) falando mal dos policiais militares, dos professores, acusando o ex prefeito Zanela de assassino (por matar 17 crianças no acidente do onibus escolar,chamando outros de gay, sem contar as outras pessoas aqui mencionadas. Acho que os ofendidos deveriam fazer alguma coisa como furar os pneus do carro dessa mulher, atear fogo nela ou qualquer coisa parecida. Por que ela faz o que faz e está sempre impune. Vamos lá gente todos contra a Kátia

    ResponderExcluir
  12. Kátia, a monstra inofensiva!

    ResponderExcluir
  13. Kátia! Na corte todos estão muito felizes. Lá quem reina é a harminia...

    ResponderExcluir
  14. Gostaria que vc criasse um blog sobre PSF, que acredito que é seu ramo e deixasse essa coisa rancorosa, pois sei que vc enquanto profissional da saúde é ótima, agora quanto politíca neim tanto...abraços

    ResponderExcluir
  15. Katia!
    Se for servir de incentivo continue escrevendo... doa a quem doer. Seus artigos são excelentes e muito divertidos. Sugiro inclusive que publique um livro com todas estas crônicas. Quando ao recorrente "anônimo", nem tão anônimo assim, sugiro que guarde todos os comentários, e na hora oportuna registre ocorrência na polícia por ameaça, e depois encaminhe cópia ao Ministério Público. Toda postagem virtual pode ser rastreada... e o IP encontrado. Esse "anônimo", faz comentários muito parecidos, se não identicos, no blog do Vereador Mantovani, do qual sou responsável. Eu simplesmente não público... ele enlouquecidamente continua postando... e eu rastreando e guardando. O "inteligente" já esta atolado até o pescoço.

    ResponderExcluir
  16. Se é de mim que esse tal de Keisi Queijo, sei lá o que, acho brabo eu nem em Erechim to morando. E eles podem criticar caluniar, difamar os outros mas ninguém pode falar nada deles. A verdade dói, né! E só sabem falar de polícia, de Ministério Público. Se náo sabe brincar não desce pro parque, como já dizia uma anonima nesse blog.

    ResponderExcluir
  17. Caro "Anonimo"! Eu sou responsável pelo que falo e escrevo, e não pelo que você entende. Mesmo porque deve ser difícil você controlar o túnel de vento estratégicamente instalado entre as duas orelhas, ai fica difícil entender. Não me escondo no anonimato. Ficou nervoso novamente é... vai pescar... ixi agora não dá mais a pesca esta proibida até 31 de janeiro.

    ResponderExcluir
  18. Nervoso, é ruim hein!

    ResponderExcluir
  19. Claro que o Keise ta desesperado ele também quer voltar a mamar nas tetas da prefeitura, afinal agora ele é só acessor do vereador Mantovani, e esse último também quer voltar pra lá, pois de secretário para vereador baixou o salário, fora a pilantragem. Esqueci da Maria Elisa (a vice verdadeira,lembram da música, com Maria Elisa vice verdadeira junto a voce por Erechim, ela também tá no gabinete do Mantovani. Vão vender a alma para o diabo.

    ResponderExcluir
  20. Não é a toa que o PT usa esse pessoal de massa de manobra por tantos anos. Eta gente burra!!! Não entendem nada!!!

    ResponderExcluir
  21. Parabéns, não é todo mundo que tem a capacidade de entender as palavras sábias da Drª, digo mais, ela está coberta de razão, até os companheiros já estão abrindo os olhos.

    ResponderExcluir
  22. Ha ha ha ha... espetacular essa história hein?!?
    Eita rainha besta... hahahahaha... vivendo em seu castelo cor de rosa, enquanto o mundo desaba lá fora... belíssimo!!!

    ResponderExcluir
  23. É tão fácil saber quem publica os comments. Rastreei TODOS os IPs, é um tapa saber quem são os destinatários.
    Parem de Floodar.

    ResponderExcluir
  24. Caro "Anônimo"... para quem não mora em Erechim vc esta muito bem informado heim!!! Realmente, assim como milhares de Erechinenses, esperamos que o PP volte a comandar este município, com ética, boa gestão, pessoal capacitado e muitos projetos... a exemplo da qualificação profissional, Proeti, Fruticultura, Credimicro, Bovinocultura, Nana Nenen (o qual só mudaram o nome)... e por ai vai. Para encerrar sugiro umas aulas de português com a Maria Elisa, pois além de conhecer muito sobre administração pública, é excelente em redação. Vai a dica não é acessor é assessor... capiche!!!

    ResponderExcluir
  25. Que maravilha gente, continuem assim, esta show de bola hehehe parabens katia :)

    ResponderExcluir
  26. Que projetos são esses que ele fala. Não os conheço. Esse blog só fica movimentado quando eu entro para provocar os babacas. Ficam bem loucos querem rastrear tudo. Vão se lavar....

    ResponderExcluir
  27. Katia... Continue publicando seus contos... Continue fazendo suas críticas... só espero que os merecedores de tais críticas usem-as para repensarem seus atos e melhorarem a gestão que nas propagandas parece uma maravilha mas na prática essa cidade já esteve BEM MELHOR! Parabéns e VIVA a LIBERDADE DE EXPRESSÃO! Sucesso sempre!

    ResponderExcluir
  28. Parabéns querida, essa semana bombou seu blog e olha que hoje é apenas quarta-feira, acho que o mais comentado...

    ResponderExcluir
  29. Parábens Kátia. Simplesmente admirável o teu blog. Além da inteligência das crônicas, elas estão muito bem escritas. Continue perseverando, pois o direito a liberdade de expressão foi duramente conquistado e é um patrimônio jurídico do qual não podemos abrir mão.
    FABIANA R.T.CAVAGNI

    ResponderExcluir
  30. Disseram que o blog da louca BOMBOU, que gente idióta, só eu mandei 17 comentários.Isso é bombar?

    ResponderExcluir
  31. O número de comentários não reflete necessariamente o número de acessos, caro anônimo fiel e participativo. Esta semana foram mais de mil visualizações. Continue participando sempre.

    ResponderExcluir
  32. Para ler os contos é que não foi, eles querem é ve as baixarias escritas aqui.

    ResponderExcluir
  33. Caros comentaristas deste "brilhante" blog, estas de parabéns Kátia. Gostaria que os amigos tivessem consideração ao criticarem a PROFESSORA MARIA ELISA, digna mestra da boa educação. Quem a conhece, sabe que ela é pessoa de bem, e quando se dirigia ao público, era excelente e inteligente oradora, o franjinha não chega aos seus pés. Um assessor(a) tem que ter competência, discernimento, além de ser eficiente e culto(a). Quem sabe, a partir deste blog, os futuros administradores sintam a necessidade de melhor escolherem seu secretariado. Obrigada.

    ResponderExcluir
  34. Como erechim é uma cidade pequena mesmo, eta povinho ignorante.

    ResponderExcluir

Havendo dificuldades na postagem dos comentários, o campo URL poderá ser deixado em branco.